13 de abr de 2012

Eike Batista: O Homem X



A capacidade de empreendedorismo de Eike Batista é inegável.  

Ele consegue  enxegar, no atacado,  negócios  importantes, arrebanhar grandes investidores e capitalizar projetos de empresas como ninguém. Tem credibilidade técnica,  administrativa, liderança e…dinheiro, muito dinheiro.

Sabemos que o Brasil é terreno fértil para boas indústrias, serviços, agronegócios,  talentos  esportivos, artísticos, e, agora, empresários multibilionários. Além de Eike, há o Abílio Diniz (Pão de Açúcar), Rubens Ometto (Cosan), João Alves Queiroz Filho (Hypermarcas) e Elie Horn (Cyrela), cada um com o seu merecido lugar entre os mais ricos do mundo.

Que dinheiro não traz  felicidade todos nós sabemos, mas, a falta dele também não. Por isso, é bom ver nomes brasileiros na lista dourada da Forbes; quanto mais melhor. Isso mostra, não só a nós, mas ao mundo, que “nós podemos”, como disse um famoso ianque. Não digo isso em oposição aos EUA. Que eles possam também, sempre e cada vez mais, como os gregos, os portugueses, os italianos, os espanhóis, os irlandeses, os serraleonses, enfim, que o mundo inteiro possa; mas não podemos nunca nos esquecer que nós também podemos!

Sem  adentrar no mérito do crescimento do patrimônio do Eike - que, pouco tempo atrás, anunciou em  uma entrevista numa TV norte-americana que seria o homem mais rico do mundo nos próximos 10 anos, e, já no último, triplicou sua fortuna –, e também sem questionar o fato de  seu patrimônio estar expressivamente constituído de ações de projetos de empresas (sem histórico de rentabilidade apoiado em produção real), o fato é que ele está chegando lá, mesmo que a custa de sucessivos  fatos relevantes (a MMX publicou inúmeros desde a abertura de capital,  como também a MPX, OGX, LLX e uma série de outros xises). E até podemos ter uma surpresa: ele pode atingir seu objetivo bem antes desses dez anos com o lançamento de novas empresas (como a SIX) e os previsíveis fatos relevantes que serão publicados. 

Bom, trocando em miúdos, que o famoso homem “X” multiplique sua fortuna e traga mais dinheiro, negócios e progresso para o Brasil. Que ele seja o Pelé do mundo corporativo, não só ganhando dinheiro, mas também inspirando todos brasileiros!

Nenhum comentário:

Postar um comentário